O que pode danificar um cabelo?

Sabe aqueles dias em que você sente seu cabelo quebradiço, fraco, ou difícil de pentear? Sabe quando ele está cheio de pontas duplas, e um pouco ressecado? Para evitar todos esses sintomas, você precisa evitar algumas atitudes que podem danificar um cabelo.

Identificar qual é o motivo dos danos aos fios é a melhor forma de encontrar um tratamento que solucione os problemas. Neste post vou falar sobre o que pode estar causando problemas aos seus cabelos, e darei algumas dicas para preveni-los – porque prevenir é ainda o melhor remédio.

Veja o que causa danos aos seus cabelos:

Um cabelo danificado é resultado de um ou vários fatores. Dá uma olhada no que pode estar contribuindo para que os seus fios percam a saúde:

1 – O ambiente

Esse aqui você deve já estar careca de saber. Careca no sentido figurado… Bom, você me entendeu. Fato é que a exposição constante a elementos como o sol, mar (sal), piscina (cloro e ozônio) e poluição afeta diretamente a saúde do seu cabelo. O motivo é porque eles entram em contato direto com cutículas do fio (parte mais externa) desde a raiz até as pontas, fazendo com que essa camada se rompa. O sol, por exemplo, atua de forma semelhante aos descolorantes, afetando as proteínas do seu cabelo, especialmente a queratina, fazendo com que estas se desintegrem. Como as proteínas formam a camada protetora dos fios que retêm a umidade, quando elas são danificadas, seu cabelo fica mais fraco, com mais frizz, e bastante ressecado.

Para evitar tudo isso é ideal manter o seu couro cabeludo e os fios sempre protegidos. Para fazer isso, use produtos leave-in de qualidade, e opte por alternativas como lenços e chapéus quando for ficar exposta ao sol por um longo período de tempo. Se você vai tomar banho de mar, enxague rapidamente o cabelo (assim que sair da água), e leve consigo um creme para pentear, para dar uma leve hidratada assim que sair da água. Se você vai tomar banho de piscina, opte por usar aquelas toucas de nadador. Você pode também optar por algum estilo de proteção, temos um artigo bem interessante sobre o tema, e qualquer dos estilos vai te ajudar a manter o cabelo saudável.

2 – Calor excessivo das chapinhas e secadores

Sim, você também já deve saber: chapinhas, baby liss, secadores e afins fazem mal para a saúde dos seus cabelos. O calor excessivo em contato com a cutícula também rompe imediatamente a camada de proteção e retenção de hidratação do cabelo, deixando exposto o córtex (que é uma camada um pouco mais interna do fio). Seu fio de cabelo fica fino e quebradiço, porque os fios perdem a sua selagem natural, e a capacidade de reter as proteínas e vitaminas naturais. Sem esta camada protetora, o calor faz com que os fios “queimem”, formando pontas duplas.

Para evitar tudo isso o ideal seria que você tirar do seu cotidiano o uso de modeladores a base de calor. Existem formas de modelar o cabelo sem ter que apelar para a chapinha, ou para o próprio baby liss.  No entanto, se você acha realmente necessário, é importante fazer hidratações periódicas, e proteger os fios com produtos protetores térmicos. Nutra o seu cabelo diariamente com óleos naturais, e utilize os modeladores o menor número de vezes possível. Escolha modelos que tenham a opção de escolher a temperatura, e claro, tente utilizá-los na menor temperatura.

3 – Processos Químicos

Você que pensa que apenas relaxamentos danificam os cabelos, está enganada: todos os tipos de tratamentos químicos como tintura, luzes ou reflexo, alisamento, escova progressiva, japonesa ou definitiva e permanentes ressecam o cabelo. Eles são feitos para mudar a estrutura do seu fio, é de se esperar que  eles alterem também a saúde do fio.

Os alisamentos, progressiva e permanentes, por exemplo, precisam romper as cutículas do cabelo (que como já dissemos, é a mais camada superficial), e chegam até o córtex, quebrando as pontes de enxofre e alterando a estrutura natural do cabelo. Nesse processo, a cutícula é danificada. Como já dissemos, a cutícula é responsável pela capacidade de reter a umidade e pela hidratação dos fios. Cuticula danificada = cabelo danificado.

No caso das tinturas e colorantes, estes causam danos à camada protetora de lipídios da superfície do fio, fazendo com que este fique frágil, quebradiço e sem brilho. Se você não fizer uma hidratação profunda, seguida de nutrição periódica, seu cabelo vai ficar com um aspecto feio e ressecado.

Se não forem acompanhados de tratamentos intensivos poderosos e muita hidratação, estes danos vão somente piorar. O essencial é restaurar profundamente os fios com Tratamento Pós Químico, Tratamentos Intensivos e Ampolas, especialmente na primeira semana após o processo químico.

Para evitar danos químicos é importante, depois do tratamento, utilizar produtos direcionados aos cabelos que passaram por processos químicos (existem várias linhas de produtos assim). Faça hidratações periódicas, e converse com o seu cabelereiro sobre tratamentos de reposição de massa capilar. Eles podem ser um ótimo remédio para aqueles que acabaram de fazer algum tratamento químico no cabelo.

4 – Danos mecânicos ou por fricção

black-hair-mirror-image

Os danos mecânicos são aqueles causados por movimentos de fricção e força contra os fio. Isso mesmo, pentear excessivamente, escovar, prender em um rabo de cavalo ou penteado com fivelas e grampos muito apertados, podem fazer os seus cabelos quebrarem. O ideal é que, para evitar esse tipo de dano, você conheça o tempo do seu cabelo e desembarrasse somente quando for necessário. O que eu faço nos outros dias?, você deve estar se perguntando. Bom, manuseie com as mãos, com cuidado e paciência. Escolha um pente/escova que combine com o seu cabelo: às vezes o mais barato pode sair caro, porque escovas baratas podem criar nós no cabelo, resultando em cabelos quebrados e pontas duplas. Ah, e outra dica: se é daquelas que preferem desembaraçar o cabelo quando ele está molhado, faça-o em partes, e com muito mais cuidado. Apesar de mais maleáveis, um cabelo molhado está em sua fase mais frágil.

5 – Shampoo em excesso

A função do shampoo é limpar o couro cabeludo  e remover a oleosidade do seu cabelo, certo? Algo saudável, porém, se você “lavar demais”, você pode acabar tirando toda a oleosidade natural dos fios, deixando o cabelo opaco e fraco. A oleosidade natural é o que deixa o seu cabelo com aparência de saudável e espalha nutrientes no comprimento dos fios, então, você precisa dela. Eu já falei outras vezes por aqui e vários especialistas concordam: não é necessário lavar o cabelo todos os dias. Encontre uma frequência que funcione com você, e seu cabelo sairá ileso deste tipo de dano.

Danos aos fios: como solucionar?

O melhor começo para recuperar um cabelo danificado é parar imediatamente com a atitude que estava destruindo os seus cabelo. Muito banho de praia? Evite. Está usando muita chapinha? Diminua. Está colorindo muito o cabelo? Pare.

Finalmente, procure por produtos para cabelos danificados ou para cabelos que apresentem um tratamento para o mesmo sintoma que o seu (quebradiços, opacos, etc.). Faça hidratações periódicas, e mantenha o seu cabelo nutrido com o uso de óleos naturais. Isso fará com que o seu cabelo recupere os componentes que formam a estrutura do cabelo (queratina, proteinas, pontes de enxofre, hidrogênio…), recuperando também a saúde dos fios. E preste mais atenção no seu cabelo, se ele está danificado é porque ele estava pedindo atenção há algum tempo! ;)

E vocês, têm alguma outra dica para combater os sintomas de um cabelo danificado? Compartilhe com a gente!

Você vai gostar de ler também...

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *