Efeito pH: saiba o que é esse efeito e como saber o seu?

0

O pH do cabelo é um fator que acabamos não levando em consideração na hora de cuidar dos fios e comprar produtos para tratá-los em casa. Hoje vamos relembrar as aulas de Química e entender a importância do pH nos cuidados capilares. Continue lendo.

O que é o efeito pH?

O pH é o potencial de hidrogênio, medida que indica o nível de acidez ou alcalinidade de algo. Esse potencial se refere à concentração de íons hidrogênio, e pode ser medido com um equipamento chamado pHmetro ou com um papel indicador de pH.

Qual a classificação da escala do pH?

A escala de pH compreende os valores de 0 a 14 na temperatura de 25ºC. A faixa de pH abaixo de 7,0 é considerada ácida, igual a 7,0 é considerada neutra e acima de 7,0 é considerada básica (alcalina).

O que significa o pH neutro?

Quando igual a 7,0, o valor de pH é considerado neutro, por ser o valor do pH da água. Significa que nessa faixa de pH a substância não é ácida e nem alcalina.

Qual a importância do pH no cabelo?

O pH de um cabelo saudável varia de 4,2 a 5,8, ou seja, é considerado ácido. Grande parte dos produtos capilares tem um valor de pH em torno dessa faixa, para não causarem danos na fibra capilar.

Equilibrando o pH do cabelo

Para manter o pH do cabelo equilibrado, é necessário ter uma rotina de cuidados com os fios, com tratamentos frequentes e com a compra de produtos adequados.

Quais são as variações do pH e porque ele acontece?

As variações do pH do cabelo ocorrem principalmente pela realização de procedimentos como descoloração e progressivas. A descoloração é um procedimento alcalino, que tende a elevar o pH do cabelo. Já as escovas progressivas e alisamentos são procedimentos ácidos, que tendem a diminuir o pH do cabelo. Ambos os casos são prejudiciais aos fios e precisam de cuidados antes e depois.

Como o pH pode afetar o cabelo?

O pH dos produtos que aplicamos no cabelo podem influenciar diretamente na saúde do mesmo. Produtos com o pH muito alcalino tendem a abrir as cutículas dos fios, o que resulta em um cabelo mais poroso, áspero e sem brilho. Já produtos com o pH muito ácido tendem a fechar excessivamente as cutículas, o que pode impedir que o cabelo absorva tratamentos.

O que fazer para neutralizar os danos causados pelos cabelos?

Para neutralizar os danos de um cabelo que apresenta um pH desregulado, é necessário focar em tratamentos e usar produtos específicos que falaremos adiante.

Como medir o meu pH capilar?

O pH pode ser medido em casa com um papel indicador de pH, mas como se trata de cabelo, o mais fácil e indicado é analisar os sintomas apresentados pelos fios que indicam essa variação no pH.

Como medir o meu pH capilar?
Veja como medir o seu nivel de PH. Fonte/Reprodução: original.

Como dito anteriormente, um cabelo mais poroso, áspero e sem brilho, pode indicar um pH mais elevado que o normal. Já um cabelo que apresenta dificuldade em absorver tratamentos, pode indicar um pH mais baixo que o normal.

Montando um cronograma capilar

Intercalar os tratamentos hidratantes, nutritivos e reconstrutores, garantem que o cabelo se mantenha sempre saudável, e receba todos os nutrientes que ele precisa. O cronograma capilar deve ser montado de acordo com as necessidades dos fios.

Produtos que regulam o pH do cabelo

Para regular o pH do cabelo, existem produtos que podem ajudar. Caso o cabelo esteja mais ácido que o normal, o uso de shampoos anti-resíduos pode ser uma boa alternativa, já que eles possuem um pH mais elevado que os shampoos tradicionais, o que auxilia na abertura das cutículas. Já para cabelos com o pH mais alcalino, há produtos acidificantes no mercado, específicos para essa situação.

Agora você já sabe a importância do pH nos seus cuidados capilares, e como tratar um cabelo que está ácido demais ou alcalino demais com os produtos certos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.