Entenda o que é a Alopecia e como é tratada essa perda de cabelo?

0

Sabe aquela queda de cabelo sem explicação aparente e logo é relacionada à calvície? Muitas vezes ela possui nome e motivo! Entenda o que é Alopecia, uma condição que provoca a queda do cabelo, na cabeça ou em outros locais do corpo. Tanto homens como mulheres podem ser acometidos por ela, independente da idade. 

Diversas podem ser as causas que provocam o seu surgimento, entre elas micoses, estresse e doenças secundárias. A principal consequência é a queda de cabelo que, afeta a autoestima de quem possui a condição. O tratamento existe e, com orientação correta, consegue reverter os seus efeitos negativos.

O que é a Alopecia?

A alopecia é uma condição que provoca a queda rápida e repentina do cabelo em qualquer região do corpo, não sujeita apenas à cabeça.

Sua principal característica é a perda repentina, e em abundância, de cabelo, normalmente acima de 100 fios por dia, provoca o surgimento de regiões na cabeça em que o couro cabeludo fica exposto.

É comum chamar essa condição de calvície, mas ela é um pouco mais ampla e complexa, com diferentes motivos que podem provocá-la, além do fator genético.

Quais as principais causas da Alopecia?

Existem diversas situações que provocam o surgimento da alopecia, algumas relacionadas a doenças e outras por situações cotidianas.

Quando associada a patologias, é comum ver casos de alopecia provocados pelo aparecimento de micose no couro cabelo da pessoa afetada. Além disso, lúpus, hipotireoidismo, hipertireoidismo e alguns tipos de câncer são exemplos de doenças que favorecem a queda dos cabelos. 

Quais as principais causas da Alopecia?
Veja quais são as principais causas de alopecia. Fonte/Reprodução: original.

O uso de alguns medicamentos surtem o mesmo efeito, assim como a deficiência de substâncias no organismo, como a proteína e o ferro.

Algumas causas são extremamente comuns, como é o caso do estresse. O uso de produtos químicos de forma inapropriada também favorece o surgimento da alopecia.

Tipos de Alopecia

A alopecia é uma condição que possui uma grande variedade de possíveis causas. A partir desse motivo, ela pode ser classificada em diferentes tipos:

Alopecia areata

É a condição autoimune da alopecia, ou seja, com origem no sistema imunológico. Ela provoca queda de cabelo em grandes quantidades e em locais específicos, gerando áreas visíveis no couro cabeludo em que é possível observar placas com ausência de pelos.

Androgenética

A origem da alopecia androgenética é, como o próprio nome revela, genética. É mais comum em homens, com altas taxas de testosterona no sangue, e popularmente chamada de calvície.

Traumática

Tem origem em traumas na região da cabeça. Também é associada ao caso de pessoas que arrancam os próprios fios de cabelo.

Seborreica

A origem é algum tipo de dermatite que atinge o couro cabeludo do indivíduo. O uso de medicamentos é extremamente eficaz em casos como a alopecia seborreica.

Eflúvio

Está associada à queda natural do cabelo, mas de forma desregulada, com perda de fios em grandes quantidades. O tratamento com um especialista reverte, de forma eficaz, os efeitos negativos.

Como conseguir identificar a Alopecia?

A alopecia pode ser identificada a partir da sua principal, e em muitos casos única, consequência: a queda repentina e em quantidade de cabelo, superior a 100 fios por dia.

A alteração pode ser notada durante a sua lavagem do cabelo ou durante o ato de pentear. Além disso, é possível observar uma muitos fios no travesseiro em que dorme, por exemplo.

Notar áreas da cabeça com pouco volume de cabelo, ou simplesmente com ausência total de fios, é um forte indicativo de alopecia.

Alopecia: como é seu tratamento?

O tratamento correto e precoce da alopecia é fundamental para reverter os seus efeitos e normalizar a queda dos fios nos pacientes. Para isso, na suspeita desta condição, é preciso consultar um médico dermatologista para identificar qual o seu tipo e designar o melhor tratamento.

A terapêutica pode consistir no uso de medicamentos orais, como a finasterida. O minoxidil é bastante utilizado, pois induz o crescimento do pelo. Produtos cosméticos também podem ser recomendados, de acordo com o caso.

Portanto, a alopecia é uma condição extremamente comum e que afeta milhares de brasileiros todos os anos. 

O que pouco se sabe é que seu surgimento pode estar associado a diferentes fatores e que sua identificação correta, assim como tratamento adequado, podem reverter o quadro e restaurar o cabelo e a autoestima de quem a possui.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.