marcas de beleza e acessórios para Mulheres pretas

1

É isso que falta ao mercado, só há alguns anos é que o mercado considerava os negros como consumidores. Hoje, os padrões da indústria mudaram. Cachos, tranças, maquiagem negra, roupas e acessórios com estampas refletindo o continente africano trouxeram de volta o fator decisivo dos negros: o sangue, enfraquecido e apagado pelos padrões europeus impostos à moda e à beleza.

Segundo dados do IBGE, esses consumidores representam 54% da população brasileira e, de acordo com a pesquisa “A Voz e a Vez-Diversidade do Mercado Consumidor”, esses consumidores passaram a ser preocupados com a indústria e sua renda anual é de 1,7 trilhão. lei Yal e Empreendedorismo”, lançado pelo Instituto Locomotiva em 2017. Agora as pessoas entendem a importância da identidade do consumidor com as marcas, que pode ser vista em anúncios e produtos.

Em particular, os negros estão mais preocupados com a necessidade de serem vistos, representados e de ter produtos que atendam às suas necessidades. Isso nem sempre é o mesmo que brancos e pardos. Isso tem levado ao aumento do dinheiro para empresários africanos e negros [em negociantes e consumidores negros A iniciativa de circular moedas] criou o que chamamos produtos “preto para preto”.

Muene Cosméticos

Muene é a linha de maquiagem pioneira no Brasil para mulheres negras e pardas. A marca foi fundada pela saudosa Maria do Carmo Valério há mais de 30 anos e por falta de produtos para atender às necessidades da sua pele, ela desistiu da carreira de advogada e passou a representar a si mesma e outras mulheres negras.

A marca é consumida por personalidades influentes, como Zezé Motta, e tem loja física no Largo do Paissandu, em São Paulo, mas os produtos podem ser adquiridos por meio de distribuidores.

DaMinhaCor

O DaMinhaCor foi lançado em janeiro de 2018. Os fundadores da marca, Maurício Delfino e Michele Eduardo, mencionaram que ela tem um único objetivo: “ajudar negros e cabelos negros a conseguirem os produtos que projetamos e projetamos para nós”.

A marca possui diversos produtos desenvolvidos especificamente para negros, como toucas de natação, toucas de formatura e toucas de cozinha projetadas e fabricadas para cabelos e tranças pretas, e a linha de maquiagem Nubia. Afri criada em 2019.

Divas Bllack

A Divas Bllack foi fundada em 2016 pela gaúcha Rosane Terraggo. Seu nascimento decorre da dor que ela e outras mulheres sentem que a maquiagem existente não está representada, e da necessidade de compensar a falta de produtos para a pele escura.

A marca tem uma série de marcas muito completa. São pigmentos, paletas de sombras, pós translúcidos, abrilhantadores, bronzeadores, glosses e 6 cores base, batizados em homenagem a mulheres importantes na vida do fundador e grandes mulheres negras da história.

Os representantes da Heimei têm muito trabalho nas redes sociais e possuem lojas físicas, mas os produtos também podem ser encontrados no site ou adquiridos nas distribuidoras.

Kabelera

A Kabelera foi criada por Caio Pereira e é uma marca que faz chapéus e fitas para pessoas com cabelos cacheados, cachos, tranças ou tranças. Além desses produtos, a empresa também produz camisetas personalizadas.

A ideia da marca é dar aos outros “a oportunidade de usar acessórios tão estilosos quanto o nosso cabelo, mas nosso tipo de cabelo nunca considerou isso”.

Makeda Cosméticos

Makeda Cosméticos é uma marca de produtos e tecnologia para cabelos cacheados e cacheados. A série de cosméticos foi criada por Sheila Makeda e sua sócia Shirley Leela em 2012. É tudo natural e os produtos são típicos do Brasil porque contêm óleos vegetais e fragrâncias especiais. Alguns são especificamente para tranças e medo!

A linha é muito completa, oferecendo xampu, condicionador, ativador de curling, umidificador, creme modelador e outros. Além disso, o consumidor sempre tem acesso às técnicas de tratamento para quem deseja retornar ao cabelo natural e aos terapeutas capilares.

Negra Rosa

Negra Rosa, criada por Rosangela Silva, traz uma variedade de produtos para os cabelos e maquiagem, que também é o ponto forte da marca!

As empresas de cosméticos visualizam e atendem a vários tons de pele negra e os refletem em uma linha completa de produtos de bases, corretivos, clareadores e blush. Já para os cabelos, a marca oferece cremes modeladores e ativadores de frizz, além de óleos mistos para cuidados com os cabelos.

Esses produtos trazem “a visão de uma mulher negra sobre outra mulher negra, sendo um conceito muito especial que pode realçar nossa beleza” e podem ser encontrados no site ou no varejo.

Soul Brio

As marcas da nossa lista são pioneiras em tranças e cosméticos para cabelos trançados. Só quem já usou este penteado ou conhece quem o fez sabe que é necessário um cuidado especial para não danificar o cabelo.

A linha de produtos da Soul Brio é composta por xampus, hidratantes, óleos perfumados e umidificadores que removem resíduos. Esses produtos podem ser adquiridos separadamente ou em kits no site da marca.

1 Comment
  1. […] ácido. Agora você entende por que não deve usar shampoo para bebês no cabelo. Afinal, o cabelo das crianças é mais alcalino do que o cabelo dos adultos. Voltando ao detergente, seu pH […]

Leave A Reply

Your email address will not be published.